Prefeitura de Mogi Mirim notifica a empresa Fênix por quebras, atrasos e más condições dos veículos

O prefeito de Mogi Mirim, Carlos Nelson determinou à Secretaria de Transporte, Trânsito e Serviços a recorrente notificação da empresa Expresso Fênix Viação, responsável pelo serviço de transporte coletivo e caso os problemas não sejam sanados, que seja aplicada uma multa no valor máximo que o contrato permitir. Leia a nota oficial, emitida na página oficial da prefeitura no Facebook:

Nota Oficial

Diante dos sucessivos registros de ocorrências envolvendo quebras de ônibus, atrasos nos itinerários e condições inapropriadas dos veículos colocados para transportar os passageiros, o prefeito Carlos Nelson Bueno determinou à Secretaria de Transporte, Trânsito e Serviços a recorrente notificação da empresa Expresso Fênix Viação, responsável pelo serviço de transporte coletivo em Mogi Mirim, pelas falhas e multa no valor máximo que o contrato permitir caso as irregularidades no transporte não sejam sanadas imediatamente, repetindo a mesma punição em caso de reincidência.

Vale lembrar que já há um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) assinado pela empresa para que houvesse a anuência do contrato e que implica em uma série de obrigações com cronograma definido, entre elas a troca total da frota, sob pena de multa contratual e até rescisão do mesmo.

A Administração Municipal considera inaceitável a qualidade do transporte coletivo urbano que vem sendo oferecida à população e não medirá esforços para que a empresa cumpra suas obrigações.

A resposta:

Em atendimento a solicitação do Poder Público, a Expresso Fênix Viação disse que irá acatar e a primeira medida deverá ocorrer nos próximos dias, quando a concessionária disponibilizará 12 novos veículos em substituição aos mais antigos.

TAC

A empresa assinou, em setembro, um TAC (Termo de Ajuste de Conduta) comprometendo-se a seguir um plano de metas estabelecido pela Prefeitura com o objetivo de melhorar a qualidade dos serviços oferecidos na cidade.

No documento consta que 50% da frota deve ser renovado no prazo máximo de 100 dias. Até o dia 26 de dezembro deverão ser disponibilizados 12 ônibus 0 km.

O objetivo é que a nova frota garanta mais conforto aos usuários, além de implicar diretamente na diminuição dos atrasos ocasionados por quebras e panes dos veículos antigos, tornando o serviço mais eficiente.

Com isso, a frota do transporte público de Mogi Mirim passará a ter idade média de apenas 1,4 anos.

Um comentário em “Prefeitura de Mogi Mirim notifica a empresa Fênix por quebras, atrasos e más condições dos veículos

  • novembro 8, 2017 em 5:14 pm
    Permalink

    Gostaria de notificar ao órgão competentes que a Empresa Fênix e Metropolis de Viação Intermunicipais não cumprem a Lei Federal do estatuto do Idoso de fornecer assento prioritario ao idoso.Ou quando estiver ocupado no ato da retirada da passagem,fornecer a mesma com 50% de desconto. É lei federal e não cumprem essa lei..Eu mesma que tenho 69 anos fui adquirir uma passagem para Campinas (…moro em Serra Negra )me foi negada.Ouvi a resposta do at és at e ndente que disse que a Empresa não fornece passagem gratuitamente e nem com o desconto em assento comum.
    Por que só essas empresas não seguem a lei federal que tenho direito?

Os comentários estão desativados.