Polícia age rápido e flagra homem que roubava empresa de ônibus em Amparo. Comparsa que passava informações dentro da empresa também foi preso.

Equipe C da Polícia Militar de Amparo, em Patrulhamento quando foi passado a ocorrência de um Roubo em andamento pela empresa de Ônibus Miragem.
Em uma ação rápida coordenada pelo CGP II, onde a Equipe de Setor cercou os fundos da empresa enquanto a Equipe de CGP entrou na empresa pela frente e deparou com o infrator tentando pular o alambrado para fugir.
Foi dado ordem de parada porém L. jogou uma mochila ao solo, desobedeceu a ordem e tentou evadir-se a pé, sendo perseguido e abordado.
Em Busca Pessoal, foi localizado no bolso de sua blusa uma Réplica de Arma de fogo. Questionado, o mesmo confessou a autoria do Delito e recebeu Voz de Prisão pelo crime de roubo. Após recuperar a mochila, foi constatado que no seu interior tinha grande quantidade de dinheiro e um telefone celular, além de alguns pertences pessoais de um motorista da empresa. Em contato com funcionários da empresa, os policiais foram informados que o indiciado teria utilizado um capacete que estava sobre uma moto na entrada da empresa no intuito de não ser reconhecido. Sepois de um diálogo,  L.  informou que o veículo utilizado por ele estava estacionado na Rua Antônio Ângelo Carvalho, próximo ao local dos fatos. Diante do exposto, L. foi conduzido algemado devido a tentativa de fuga, até o hospital Beneficência Portuguesa para exames de Corpo de Delito e posteriormente ao Plantão Policial de Amparo, onde a Delegada de Polícia Ratificou a medida. Enquanto a ocorrência estava sendo apresentada, foi vistoriado o telefone celular de L., com sua autorização, onde foi identificado que a pessoa que estava passando as informações de dentro da empresa para que L. efetuasse o roubo, sendo ele localizado e ao ser questionado sobre o fato, também confessou seu envolvimento no roubo.
Em ato continuo, também recebeu Voz de Prisão pelo crime de roubo e foi apresento na Delegacia de Polícia onde a Delegada Ratificou a medida. Os Indiciados permaneceram presos aguardando a Audiência de Custódia.

Apreensões conforme Auto de Exibição e Apreensão.
O Dinheiro R$ 9.905,35 (nove mil, novecentos e cinco reais e trinta e cinco centavos) e os pertences das vítimas devolvidos conforme Auto de Exibição Apreensão e Entrega.

Todos os Direitos Constitucionais dos Indiciados foram Respeitados.