Governo quer oferecer ajuda a municípios para abertura do setor de saneamento

O governo planeja oferecer apoio técnico e financeiro a municípios que abrirem o setor de água e esgoto para a iniciativa privada.

Determinada a estimular a competição entre empresas públicas e privadas, a equipe econômica quer ajudar na formulação das licitações e disponibilizar recursos federais para investimentos em saneamento.

O projeto que muda as regras do setor deve ser votado nesta semana em comissão na Câmara.

A equipe do presidente Jair Bolsonaro (PSL) diz acreditar que as estatais se tornaram ineficientes, perderam o poder de investimento e não são capazes de universalizar o serviço de água e esgoto. Por isso, na visão do governo, é necessário abrir o mercado para o setor privado.

Por isso, na visão do governo, é necessário abrir o mercado para o setor privado. A equipe de Bolsonaro aproveitou quase toda a proposta do antecessor para defender que a escolha do operador de água e esgoto do município seja por concorrência (licitação) entre setor público e privado.

Leia mais na reportagem da Folha de São Paulo