Curso de Turismo Rural já apresenta sinais positivos para Amparo

Na manhã de hoje, 14/11, alunos do curso do Programa de Turismo Rural: Agregando Valor a Propriedade realizaram o Festival Gastronômico Gosto da Terra que apresentou o conhecimento adquirido durante os 12 meses de aprendizado coordenado pelo Senar – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural.

A capacitação é realizada pelo Senar em parceria com o Sindicato Rural de Amparo e apoio da Prefeitura. Na ocasião, o secretário de Cultura, Turismo, Esportes e Lazer, Marcelo Craveiro e os secretários de Administração, Vicente Mário Martini Auler, e Governo, Carlos Roberto Piffer, o presidente do Sindicato Rural de Amparo, Marcelo Vasco de Toledo, convidados e imprensa acompanharam a visita técnica na propriedade de Laércio Carra, o sítio São Luiz, que já conta com melhorias e sugestões para que o local explore o Turismo Rural.

Durante os 12 meses de curso, o programa aborda os conceitos e modalidades turísticas; historico do turismo rural; princípios fundamentais da atividade do turismo rural; Diferenças entre produtos e serviços; serviços oferecidos no meio rural; benefícios e problemas da atividade de turismo no meio rural; perfil do consumidor do turismo rural; diagnóstico preliminar de viabilidade; concorrência e fornecedores; avaliação da aprendizagem e do treinamento.

O objetivo do programa é de agregar na propriedade o desenvolvimento do Turismo Rural, contribuindo para sua profissionalização, sua integração na sociedade, melhoria da sua qualidade de vida e para o pleno exercício da cidadania, mantendo o foco na produção do alimento de qualidade.

“O prefeito Jacob tem nos determinado a criação de ferramentas e o fomento do Turismo na cidade. Terminamos há pouco o nosso Mapa de Oportunidades e Inventário Turístico que nos norteará para os próximos anos. Só temos a agradecer ao Senar e ao Sindicato Rural pela iniciativa”, disse o secretário de Administração, Mário Auler.

Da Prefeitura de Amparo, participam do curso as diretoras da SMCTEL, Gisele Ramalho e Francione Gonçalves de Menezes.