Brasil registra mais de 300 casos suspeitos de sarampo; doença veio da Venezuela

Surto de sarampo afeta o Brasil na fronteira com a Venezuela.

A doença estava erradicada do continente desde 2016, mas dados da Organização Mundial da Saúde apontam que onze países da região registram casos.

Na Venezuela, mais de mil pessoas já foram contaminadas pelo sarampo e no Brasil há cerca de 300 casos suspeitos, em Roraima e no Amazonas.

Desse total, 43 foram confirmados, com duas mortes em território brasileiro, em decorrência da doença.

O sarampo teria sido trazido para o País pelo fluxo de migrantes venezuelanos.

A Organização Mundial da Saúde recomenda reforçar a vacinação das populações de risco.

As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.