Amparo é campeão da Liga Metropolitana de Basquete

Foram dez jogos e dez vitórias na primeira fase e a classificação invicta para a série ouro, depois mais três partidas no quadrangular final, novamente, três vitórias. Com estes resultados a cidade de Amparo representada pelo Colégio Villa Lobos sagrou-se campeã da Liga Metropolitana de Basquetebol. O último jogo aconteceu dia 18 de novembro no Ginásio do Floresta Atlético Clube, relembrando os bons tempos do time profissional de basquete do Floresta que chegou a divisão de elite nos anos 80 e 90 quando enfrentou times como o Corinthians e o Palmeiras. O Ginásio lotado presenciou uma excelente partida digna  dos craques consagrados de Amparo como os irmãos Brunetto, o Neguinho e do técnico Bulê. Falando nisto, a presença de jogadores do passado na platéia, como o próprio Neguinho, Chico Bola e Alohir Nora, foram notados e comemorados. Falando sobre o jogo final, Amparo enfrentou a fortíssima equipe do SESI que teve apenas 2 derrotas na competição (uma delas para a equipe amparense). O jogo começou nervoso e a vantagem do primeiro quarto foi do time campineiro do SESI. Na volta para o segundo quarto os comandados do professor Du deram um verdadeiro show. Com diversas bolas dos três pontos e uma defesa fortíssima eles fizeram 26 x 6 no segundo quarto obtendo uma grande vantagem para o intervalo. Na volta do intervalo, com a torcida apoiando muito, o quinteto amparense manteve o ritmo do jogo e terminou o terceiro quarto com vinte pontos de vantagem. No último quarto, o treinador do time campineiro vendo que a derrota era certa colocou seus reservas e a equipe de Amparo também aproveitou para mesclar o time. No final o placar de 75 x 50 mostrou claramente a garra e competência do time amparense. Além do título, o time ainda teve o MVP do jogo, Arthur Ramos – 34 pontos na partida, o melhor jogador do campeonato Miguel Nobre e o melhor técnico, Eduardo Costa Neves. Participaram da equipe campeã ainda os jogadores Arthur Ramos, Miguel Nobre, Pedro Gotardelo, Pedro Feitosa, Gabriel Mechi, David Azevedo, Vinicius Turolla, Breno Batoni, Leonardo Donato, Hugo Queiroz, Giovani Scalari, José Augusto Misson (Symon), Heitor Brisola, Ramon Corazin, João Pedro Machado e Thomas Patrício. A direção do colégio agradece ao apoio das famílias dos jogadores, do professor Du, da Prefeitura de Amparo através do Secretário de Esportes Marcelo Craveiro e de todos que apoiaram a equipe. Para 2018 o projeto é ir ainda mais longe conquistando outras ligas.